Blog do UNASP

Como escolher as disciplinas optativas da faculdade?

[vc_row][vc_column][vc_text_paragraph]

As disciplinas optativas não servem apenas para compor a grade curricular. Pelo contrário, elas podem fazer parte do seu planejamento de área e de carreira. Saiba mais!

A maioria dos cursos universitários, seja em nível de bacharelado ou licenciatura, possuem disciplinas optativas em sua grade curricular. No entanto, escolher quais disciplinas vão complementar as disciplinas obrigatórias do curso pode ser algo desafiador.

Portanto, neste momento é necessário estabelecer estratégias para saber o que vai ser melhor para você, como também para a sua área de atuação e carreira. Ou seja, quais são as disciplinas optativas que irão agregar e melhorar o seu currículo.

Sendo assim, podemos considerar essas disciplinas como uma forma de começar a direcionar-se para uma área de estudo ou carreira específica. As disciplinas optativas irão expandir os seus conhecimentos e trazer novas e relevantes informações, contribuindo com o seu repertório e experiências.

Apesar desses benefícios e pontos positivos, o que devemos levar em conta na hora escolher as disciplinas optativas? Como fazer isso de uma forma inteligente e racional? Descubra!

Conhecendo a graduação

De modo geral, os cursos de graduação estão pré-estabelecidos em três categorias de disciplinas. Isso quer dizer, que elas podem fazer parte dos seus anos de estudo e estão divididas da seguinte forma:

Obrigatórias: são as disciplinas que são a base do seu curso. Se você não frequentar as disciplinas obrigatórias é impossível formar-se.

Eletivas: o aluno pode escolher disciplinas para compor sua grade curricular. Há uma porcentagem de carga horária para disciplinas obrigatórias e eletivas. A coordenação de cada curso possui suas normas.

Optativas: são as disciplinas que o aluno pode escolher de acordo com seu interesse na área, apenas por conhecimento e aprendizado.

Escolhendo as disciplinas optativas

O ideal, ao fazer a sua escolha, é entender o cenário atual: independente da área, as possibilidades no mercado de trabalho são diversas, logo, nem todos os graduandos precisam se interessar pelas mesmas abordagens em sala de aula.

Isso significa que as disciplinas optativas permitem que você customize sua capacitação profissional e o caminho que quer seguir, diferente da maioria dos colegas. Você tem o poder em suas mãos, mas para isso é preciso compreender por qual área você deseja seguir. Ou quais das disciplinas agregarão ao seu currículo.

Busque, antes de escolher a faculdade, conhecer a grade curricular e saber quais são as disciplinas optativas que você vai ter oportunidade de fazer.

Conversar com professores e coordenação do curso é uma ótima opção para compreender melhor como funciona a escolha das disciplinas optativas.[/vc_text_paragraph][vc_text_paragraph]

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail![/vc_text_paragraph][vc_newsletter_with_email newsletter_id=”blog_conteudo_1″ newsletter_msg_success=”Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!”][vc_text_paragraph]

Entenda a sua futura profissão

Parece piada, mas não é. Entendera  sua futura profissão pode ser o passo mais importante nesse momento. Não adianta nada você começar a estudar algo sem saber o que gosta, o que quer ou como é a área de atuação dessa profissão e o que esse profissional faz.

Por isso, para não dar problema lá na frente e depois ficar arrependido: “Poxa, poderia ter aprendido tal habilidade ou estudado sobre tal assunto”, é melhor saber o que está fazendo. Pesquise sobre a área, possibilidades de emprego, inovação, carreira e potencialidades da profissão.

Converse com profissionais já formados, ou próprios alunos em período de estágio. Tente entender melhor a profissão e descobrir perguntando a eles, o que gostariam de ter estudado durante a faculdade para poder exercer melhor a profissão, agora que já estão na prática. Saber essa resposta, vai te ajudar a escolher boas disciplinas optativas.

Não se prejudique

As disciplinas optativas são para levar até você mais conhecimentos e aprendizagens, mas elas não devem tomar o lugar das disciplinas obrigatórias ou o foco do seu curso.

Então, fique de olho nas disponibilidades e nos pré-requisitos para cursar as optativas. Dessa forma, você evita prejudicar o estudo das obrigatórias e consegue conciliar os horários com sua agenda e afazeres.

Além disso, algumas disciplinas exigem estudos ou disciplinas prévias e isso pode ser custoso para você. Aulas práticas, trabalhos e outras atividades também fazem parte do dia a dia das disciplinas optativas. Portanto, se prepare para enfrentar tudo isso.

Vasto saber

Não se desespere se no seu curso não existe a disciplina optativa que você quer cursar ou alguma área específica que você quer aprender.

Cada vez mais falamos em interdisciplinaridade, ou seja, a conversa entre as disciplinas e outros cursos. Sendo assim, tente conversar com professores e coordenação para encontrarem uma conexão entre as áreas e encontrarem uma solução. Quem sabe até um trabalho em conjunto com outro curso.

Novas ideias e novos caminhos são sempre bem-vindos. Esse é o momento de aprender, de absorver e conhecer. Escolher disciplinas optativas não é um ‘bicho de sete cabeças’ ou alguma coisa que vai mudar sua vida para sempre.

No entanto, escolher certo pode fazer uma diferença e tanto na sua carreira. Portanto, siga esses passos e boa escolha!

Até a próxima![/vc_text_paragraph][vc_text_paragraph]

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.[/vc_text_paragraph][vc_newsletter_with_email newsletter_id=”blog_conteudo_2″ newsletter_msg_success=”Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!”][vc_text_paragraph]

Leia também:

• Sinais de que você NÃO escolheu o curso certo. Saiba o que fazer!

Como escolher uma pós-graduação que faça sentindo para a sua carreira

• Bacharelado ou Licenciatura? Descubra a diferença e saiba qual escolher

• 07 dicas para você escolher uma boa instituição de ensino superior.[/vc_text_paragraph][/vc_column][/vc_row]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

[vc_newsletter_with_email newsletter_id="blog" newsletter_msg_success="Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!"]